19/08/15

PUBLICAÇÃO DA DOUTRINA - Sinodo de Miranda (1565) (I)

Título Primeiro
DA FÉ E DOUTRINA CRISTÃ

Constituição Primeira: Que todos saibam a Doutrina Cristã, e nenhuma pessoa tenha livro algum defeso: e que denunciem de qualquer que o tiver, ou sentir mal da Fé.

Porque o princípio da vida Cristã consiste no conhecimento das coisas que JESUS CRISTO nosso Senhor e Redentor nos ensina, e a santa madre Igreja, alumiada pelo Espírito Santo nos propõe. Amoestamos colocá-la presente da parte de Deus todo poderoso a todos os nossos súbditos, que aprendam e saibam a Doutrina Cristã, que a santa madre Igreja católica professa. por que todo aquele que tem algum erro contra a santa Fé católica, ou dúvida, ou não sente bem dela, além de lhe faltar o princípio de sua salvação, está excomungado de excomunhão Papal, posta contra os hereges na Bula da Ceia do Senhor. E os que têm ou lêem algum livro dos reprovados, ou dos defesos pela santa Inquisição, estão outro sim por esse mesmo feito excomungados. Pelo que lhe mandamos em virtude de obediência, que sabendo que alguma pessoa de qualquer qualidade ou condição que seja, por alguma via mostrasse ter algum erro contra nossa Fé, ou duvidasse dela, ou que tem, ou lê algum dos ditos livros, ou faça logo a saber a nós, ou a nosso Provisor, para provermos como for justiça.

Constituição Segunda: Que em todas as Igrejas haja uma tábua em que estê posta a Doutrina Cristã.

E por que temos visto por experiência, que muitos ignoram a Doutrina Cristã, que todos os Cristãos são obrigados a saber: querendo neste parte em alguma maneira prover:: Mandamos a todos os Abades, Priores, Reitores, Curas, Capelães deste nosso Bispado [de Miranda], que cada um em suas igrejas, assim nas matrizes como nas anexas, ponham numa tábua bem concertada, uma folha que agora mandamos imprimir, em que se contém a Doutrina Cristã: a qual estará pendurada de uma cadeia posta nas grades ou paredes das ditas igrejas em altura conveniente: para que todos os que quiserem possam nela ler e aprender a dita Doutrina: e pela mesma tábua a possam os ditos curas ensinar. E a Doutrina é a seguinte:

Doutrina Cristã

Per signum + santae crucis: de inimicis  + nostris libera nos + Deus noster. In nomine Patris, e Filii, + et Spiritus sancti. Amen.

Pater noster, quei es in coelis, santificetur nomen tuum. Adveniat regnum tuum. Fiat voluntas tua, sicut in coelo et in terra. Pabem nostrum quotidianum da nobins hodie. Et dimitte nobis debita nostra, sicut et nos dimitimus debitoribus nostris. Et ne nos inducas in tentationem. Sed libera nos a malo. Amen.

Ave maria gratia plena, dominus tecum. Benedicta tu in mulieribus, et benedictus frutos ventris tui Iesus. Sancta Maria Mater Dei ora pro nobis pecatoribus. Amen 

Credo in Deum patrem omnipotentem, creatorem coeli et terrae. Et in Iesum Christum filium eius unicum dominum nostrum. Qui conceptus est de Spiritu sancto. Natus ex maria virgine. Passus sub Pontio Pilato, Cruxifixus, mortuus, et sepultos. Decendit ad infernos, tertia die resurrexit a mortuis. Acendit ad coelos Sedet ad dexteram Dei patris omipotentis. Inde venturus est iudicare vivos et mortuos. Credo in Spiritum Sanctum, Sanctam Ecclesiam catholicam, Sanctorum communionem, remissionem pecatorum, carnis ressurectionem, vitam eternam. Amen.

Salve regina mater misericordiae, vitae dulcedo, et spes nostra salve. Ad te clamamus exules filii Evae. Ad te suspiramus gementes et flentes in hac lacrymarum valle. Eya ergo advocata nostra illos tuos misericordes oculos ad nos converte. Et Iesum benedictum fructum ventris tui nobins post hoc exilium ostende. O clemens, o pia, o dulcis virgo sempre Maria. Ora pro nobins sanca Dei genetrix, ut dignifficiamur promissionibus Christi.

Segue a bênção e Orações em linguagem:

Pelo sinal da santa Cruz, +
livre-nos Senhor Deus nosso, +
De nossos inimigos, +
Em nome do Padre, e do Filho, e do Spiritu santo. Amen Iesus.

Padre nosso que estás nos ceus, santificado seja o teu nome, Venha a nós o teu reino. Seja feita a tua vontade assim na terra como no céu. O pão nosso de cada dia dá-nos hoje. E perdoa-nos nossas dívidas assim comonós perdoamos aos nossos devedores. E não nos permitas entrar em tentação, mas lira-nos do mal. Amen.

Avé maria cheia de graça, o Senhor é contigo. Bendita és tu entre as mulheres, e bento é o fruto do teu ventre, Jesus. Santa maria madre de Deus, roga pornós pecadores. Ámen.

Creio em Deus padre todo poderoso criador do céu e da terra, e em Jesus Cristo seu filho único nosso Senhor. O qual foi concebido pelo Espírito Santo. Nasceu de Maria virgem. padeceu sob o poder de Pôncio Pilatos. Foi crucificado, morto e sepultado. Desceu aos infernos. Ao terceiro dia ressurgiu dos mortos Subiu aos céus, e está assentado à dextra de Deus padre todo poderoso. Donde há-de vir julgar os vivos e os mortos. Creio no Espírito Santo, e na Santa Igreja católica, na comunhão e ajuntamento dos Santos, na remissão dos pecados, e na ressurreição da carne, na vida eterna. Ámen.

Salve Rainha madre de misericórdia, doçura da vida, esperança nossa, Salve. A ti bradamos os degradados filhos de Eva. A ti suspiramos gemendo e chorando neste vale de lágrimas. Eia pois advogada nossa, aqueles tens misericórdiosos olhos a nós volte. E a Jesus bento fruto do teu ventre nos mostra depois deste resterro. Ó clemente, ó pia, ó doce sempre virgem Maria.


Os artigos de Fé são catorze. Sete pertencem à divindade, e sete à humanidade de Jesus Cristo nosso Senhor.

Os sete que pertencem à divindade são:

1º - Crer em um só Deus todo poderoso;
2º - Creio que Deus é Padre [Pai];
3º - Creio que Deus é Filho;
4º - Creio que Deus é Espírito Santo;
5º - Creio que Deus é o Criador;
6º - Creio que é o Salvador;
7º - Creio que é glorificador.

Os sete que pertencem à santa humanidade:

1º -  Creio que o mesmo filho de Deus em quanto homem foi concebido pelo Espírito Santo;
2º - Creio que nasceu da virgem Maria, sendo ela sempre virgem;
3º - Creio que recebeu morte e paixão para salvar os pecadores;
4º - Creio que desceu aos infernos, e tirou as almas dos santos padres que ali estavam, os quais esperavam sua santa vinda;
5º - Creio que ressurgiu ao terceiro dia;
6º - Creio que subiu aos ceus, e se assentou à dextra de Deus Padre todo poderoso.
7º - Creio que há de vir julgar os vivos e os mortos, e dará a cada um segundo seus merecimentos. Aos bons que guardam seus mandamentos dará glória e salvação. Aos maus que seus preceitos quebrantaram, dará condenação para sempre.
 

Os mandamentos da Lei de Deuos são dez. Os três primeiros pertencem à hora de Deus; os outros sete pertencem ao proveito do próximo:

1º - Honrarás um só Deus;
2º - Não jurarás o nome de Deus em vão;
3º -Santificarás as festas;
4º -Honrarás teu pai e mãe;
5º - Não matarás;
6º - Não fornicarás;
7º - Não furtarás;
8º - Não alevantarás falso testemunho;
9º - Não desejarás a mulher do teu próximo;
10º - Não cobiçarás as coisas alheias.


Os mandamentos da madre Santa Igreja, são cinco:

1º - Ouvir missa aos domingos e festas de guarda;
2º - Confessar ao menos uma vez, na quaresma, ou antes se espera perigo de morte;
3º - Comungar pela Pascoa da Ressurreição;
4º - Jejuar quando o manda a Igreja;
5º - Pagar dízimo e premícias;

Pecado:

Pecado, é dito, ou feito, ou desejo contra ou fora da lei de Deus. Pode ser mortal, ou venial.

Os pecados capitais, e as virtudes contra eles, são sete:

1º - Soberba / Humildade
2º - Avareza / Liberalidade
3º - Luxúria / Castidade
4º - Ira / Paciência
5º - Inveja / Caridade
6º - Gula / Temperança
7º - Preguiça / Diligência


Os Sacramentos da santa madre Igreja, são sete:

1º - Baptismo;
2º - Confirmação, que é crisma;
3º - Penitência, que é confissão;
4º - Comunhão;
5º - Extrema unção;
6º - Ordem;
7º - Matrimónio.


As virtudes são sete. As três são Teologais, e as quatro Cardeais. As Teologais são:

1ª - Fé;
2ª - Esperança;
3ª - Caridade (esta é a melhor).

As virtudes Teologais chamam-se assim porque encaminham a alma para Deus.

As outras quatro se chamam Cardeais, porque encaminham os homens a bons costumes, e são estas:

1ª - Justiça;
2ª - Prudência;
3ª - Fortaleza;
4ª - Temperança.


As obras de misericórdia são catorzes. Sete corporais, e sete espirituais.

As corporais são:

1ª - Visitar os enfermos;
2ª - Dar de comer aos que têm fome;
3ª - Dar de beber aos que têm sede;
4ª - Remir os cativos;
5ª - Vestir os nus;
6ª - Dar pousada aos peregrinos;
7ª - Enterrar os mortos.

As espirituais são:

1ª - Dar bom conselho;
2ª - Repreender e castigar os que erram;
3ª - Consolar os tristes desconsolados;
4ª - Perdoar as injúrias por amor de Deus;
5ª -Sofrer com paciência as fraquezas de nossos próximos, como queríamos que eles sofressem as nossas;
6ª - Ensinar os ignorantes;
7ª -Rogar a Deus nosso Senhor por aqueles que nos fazem mal.


Os Dons do Espírito Santo, são sete:

1º - Sapiência;
2º - Entendimento;
3º - Conselho;
4º - Fortaleza;
5º - Ciência;
6º - Piedade;
7º - Temor de Deus.

(a continuar)

Sem comentários:

TEXTOS ANTERIORES