04/12/11

RÁDIO CRISTIANDAD - SEDEVACANTISTA, OU NÃO?

Espada de dois Gumes
Como dizem os brasileiros "vou dar um BASTA".

Agora mesmo o leitor "José", na caixa de mensagens, veio dizer-me que a Rádio Cristiandad é sedevacantista. 

Há anos conheci o trabalho de tal rádio, fui seu ouvinte. Quando cheguei à Argentina fui alertado de que tal rádio não devia ser escutada por ser sedevacantista. Fiquei muito admirado, pois não me parecia lógico. Depois de um ano fui informado de que a Rádio Cristiandad nega o sedevacantismo e opõem-se-lhe, e esta informação tinha sido dada pela própria rádio (fonte segura).

A Rádio Cristiandad tem publicada a actualização de um trabalho que defende a inviabilidade do sedevacantismo. É certo que até hoje, todos os que perante mim disseram que a rádio é sedevacantista nunca sabem realmente porque nem sabem apresentar para comprovativo um texto publicado ou um áudio. Todos dizem que foi o padre x que lhes disse, ou que foi o padre z, ou que foi o primo da amiga da sogra...

BASTA...

Quem aqui vier acusar alguém ou grupo sem fundamentação será humilhado por caluniador. A calúnia é pecado mortal ("não levantar falsos testemunhos").

Assim tomo a iniciativa de perguntar aos responsáveis da Rádio sobre a orientação da rádio face ao sedevacantismo. O resultado será publicado aqui. Entretanto, lanço o repto a todos os que dizem que a Rádio Cristiandad é sedevacantista para mostrarem quais são as afirmações da Rádio que levam a concluir tal coisa. Os resultado dos envios será igualmente publicados, e a privacidade, evidentemente, será respeitada caso seja solicitada. Enviem este artigo para o maior número de pessoas.

12 comentários:

ascendens disse...

José,

O seu comentário foi apagado pelo role de ofensas gratuitas à minha pessoa. Peço-lhe que escreva outro centrado centrado na demonstração de alguma AFIRMAÇÃO (ou várias) que seja premissas válidas para a conclusão de que tal rádio é realmente sedevacantista. Parece-me justo estar a dar uma oportunidade de esclarecimento e seria bom ver tudo isto esclarecido.

Qualquer pessoa que acusa outro sem fundamento, diz a santa Igreja, peca contra o mandamento de "não levantar falsos testemunhos". Se conhece o catecismo sabe que isso é a IGREJA que o ensina como DOUTRINA imutável, e não é uma coisa inventada por este ou aquele homem (é coisa divina).

Não se exalte pensando que eu o chamei de caluniador. Não chamei, tanto que em vez disso fiz um convite à apresentação das premissas que levam à conclusão de que este ou aquele ou aqueles são sedevacantistas quando os mesmos dizem que não são. É caluniador sim, quem acusa sem ter provas, e não peca por calúnia aquele que não tendo provas pensa que as tem. Apenas lhe chamarei caluniador caso eu veja que não tem provas da acusação que faz, pois não quero chamá-lo de caluniador sem ter provas que o é realmente (mal de mim). Não entende que o que lhe digo aqui é certíssimo e em conformidade com o que a Santa Igreja ensina? Se por acaso eu estiver enganado nisto que digo, convido-o a que me corrija com a verdade.

Permita-me que lhe proponha um ligeiro estudo sobre o que é isso do sedevacantismo, pois fiquei com a certeza de que ou não sabe o que é isso realmente ou está confundido. Permita-me também que lhe adiante que o sedevacantismo consiste em acreditar que o Trono de Pedro está vazio ("Sede" + "vacante"). Neste caso, os movimentos sedevacantistas, portanto, falamos principalmente de grupos organizados de sacerdotes, Bispos, e fiéis, acreditam que Bento XVI não é realmente Papa e age pensando ser. Tanto que os sedevacantistas nem chamam "Papa" a Bento XVI ou quando o chamam por "Papa" o fazem dentro de aspas. Não me leve a mal adiantar-lhe estas informações, que pode tomar como seguras visto que tenho travado algumas lutas com alguns membros de tais grupos e, por isso, tenho de estar suficientemente informado.

O que está a passar é então muito simples. Basta recolher uma afirmação (bastaria uma) para que fique demonstrado que a posição da Rádio Cristiandade é de que o Papa Bento XVI não é realmente Papa. (Por favor, poupe-me de mandar links para eu ler textos para seja eu a procurar o que lhe estou a pedir). Desculpe repetir: basta que mostre UMA afirmação apenas.

Se depois quiser tratar de outros temas terei todo o gosto em fazê-lo e até lhe prometo fazer um artigo para cada um dos temas e proporcionar assim a troca de ideias e a aclaração.

Via Cristo Rei, Viva a Santa Igreja, Viva o Papado.
Saudações em Cristo.
Pedro de Oliveira.

ascendens disse...

José, ninguém antes lançou um apelo de esclarecimento como aqui está feito. Veja bem:

"Entretanto, lanço o repto a todos os que dizem que a Rádio Cristiandad é sedevacantista para mostrarem quais são as afirmações da Rádio que levam a concluir tal coisa. Os resultado dos envios será igualmente publicados."

É de aproveitar!

José disse...

Meu caro, nada mais tenho a acrescentar àquilo que já disse e que creio que foi bastante. Não o insultei, e tentei corrigi-lo tão caridosa e fraternalmente quanto me foi possível. Constato que não o consegui... Quanto ao mais, passo: dialogar nestas condições é pura perda de tempo, para a qual não tenho disposição, nem disponibilidade.

Cumprimentos em
Cristo e Maria

ascendens disse...

José, não se espera que ande aqui com diálogos, apenas se lhe pede que mostre UMA afirmação da rádio para que todos possamos entender a sua acusação de "sedevacantismo".

O repto do artigo não se dirige a sim mas a todos. Já forma enviados mails para difundir o repto que é tão somente apresentar a prova que o José não deu até agora. Peço-lhe ainda que passe pela caixa de comentários que está linkada neste artigo para ver o que eu adicionei.

Não se espera que os contributos que solicitei sejam dados com links de pilhas de artigos onde eu teria de procurar o que ainda lá não encontrei e que se pede aqui. Por favor, tenha a paciência, e não é pedir muito,de chegar à pilha de textos que me enviou e seleccionar a AFIRMAÇÃO de onde se pode concluir que a rádio é sedevacantista (é simples, não compliquemos o que é simples).

Se desistir de mostrar o que lhe peço não me admira, pois até hoje ninguém o fez. Eu mesmo não encontrei a "prova do crime" também.

Eu pensava que nestas três frases do seu último comentário uma delas fosse a transcrição-demonstração em falta. Encorajo-o a que,para a próxima, apenas tenha de fazer a transcrição-demonstração (por piada "o elo perdido")e não mais que isso.

Volte sempre... força....Até já!

Anónimo disse...

eles estão sempre a falar mal do Papa. Ainda não viu isso?

Fernando

ascendens disse...

Caro Fernando,

O sedevacantismo é a posição a qual não o conclave não elegeu um Papa válido ou que o Papa válido deixou de ser realmente Papa por algum motivo. Ou seja, que Bento XVI não seria realmente Papa e que por isso a Sede Apostólica está vacante (SEDE + VACANTE).

Se me diz que a rádio está "sempre a falar mal do Papa" não pode significar isso que não acreditem que o Papa é Papa!

O convite aberto a todos, neste artigo, procura recolher ALGUMA afirmação da qual se possa concluir que a Rádio Cristiandade não creia que Bento XVI seja mesmo Papa.

Por favor, traga a tal prova que falta!

Obrigado pela sua participação. Aguardo o seu regresso.

ascendens disse...

Fernando,

Obrigado por ter-se identificado com um nome, pois já em tempos batalhei nisso. Obrigado.

JSampaio disse...

Ascendes, como é que um católico pode chamar o Papa de herege e acreditar que é mesmo Papa? É essa a contradição. Isso tudo é feito com ódio realmente. Odeiam o Papa. o blogue deles é um ardil para enganar os católicos a serem contra o Papa, isso é claro como a água realmente. Vá la ver as publicações que eles fazem que chega a essa conclusão

Cumprimentos

ascendens disse...

JSampaio,

Obrigado por comentar. Vejo que o seu perfil e novo. Bem vindo.

Parece-me que há uma complicação de um assunto simples em que muitas pessoas dão voltas e voltas apenas por não tentarem abordar o problema objectivamente e desapaixonadamente.

O que é um sedevacantista? Neste momento, um sedevacantista é aquele católico que acredita que a Sede Apostólica está vazia, ou seja, que não existe Papa de verdade (Bento XVI não seria então Papa). Ora bem, até agora há 3 intervenientes que supõem outra coisa bem diferente: o sedevacantista seria aquele que trata mal ao Papa ou que o chama de herege ou que se indigna com as atitudes que consideram ser más no Papa. Como se chamaria então o católico que acredita que o Papa é Papa mas se indigna contra o Papa e pensa que ele é herege? Como se chamaria ao católico que diz que Roma perdeu a Fé mas que a hierarquia católica continua a ser a legítima?

Não vamos complicar a coisa. Eu apenas abri esta proposta para poder haver uma oportunidade de esclarecimento sobre as acusações de sedevacãncia contra a Rádio Cristiandad, portanto os que acham que ela é sedevacantista têm aqui uma oportunidade NUNCA ANTES dada em lado algum para demonstrarem a todos que estão certos. Por outro lado eu não posso ser acusado de intenção de proteger a rádio de tal acusação, pois sou eu mesmo quem está a dar a possibilidade de apresentarem provas contra ela. O que se pode crer mais?!!!

Não compliquemos senhores. Basta uma citação da radio segundo a qual se possa concluir o tal sedevacantismo. Não tenham medo, a hora é vossa!

JSampaio, por favor, vá à rádio, copie uma frase com a qual prove que eles não acreditam que o Papa é realmente Papa, traga-nos essa frase aqui ao blogue. POR FAVOR.......

Mais uma vez, obrigado. Até breve.

JSampaio disse...

Ascenden

Quem é que acreditam que ele é Papa? O Papa é o vigário de Deus na terra. Se o tratam como uma "peste" é porque não acreditam. Tratam-no como um impostor. Já entendeu agora? Não é preciso andar a citar nada da rádio. otratamento que dão ao Papa diz tudo.

pax

ascendens disse...

JSampaio,
Permita-me que destaque a sua forma honesta de falar. Parece-me pessoa de preferir a verdade às paixões clubísticas. Graças a Deus.

Portanto, diz-me que eles não acreditam que o Papa é Papa porque o tratam como um traste. Supondo que fosse assim como diz, que tratam o Papa como "peste", isso não revela que creiam que o Papa não é Papa. Deveria então ter dito antes que eles sabem que o Papa é Papa e tratam-no mal.... certo? Isso seria um pecado, mas nunca sedevacantismo! Antes pelo contrário, isso nega que acreditariam que a Sede não está realmente vacante!

A observação que fez, portanto, não apoia a sua conclusão relativamente a uma supsta sedevacância da rádio. Quanto muito apoia a possibilidade de um pecado mortal “honrar… e outros legítimos superiores”. Mas vamos já ver disso.

Espero que creia que eu estou a ser realmente honesto na minha observação. Estou a aplicar o meu conhecimento com o sentido de justiça que melhor consiga. Pode parecer que estou a fazer uma defesa da Rádio, mas na verdade estou a tentar aclarar um problema maior: mediante não a ausência de rasto de sedevacantismo na Rádio, e mediante ninguém me conseguir demonstrar tal acusação que faz, estou a dar uma oportunidade a uns de não acusarem sem provas e a outros de dar as provas caso as tenham. Se por acaso alguém demonstrasse que a rádio é sedevacantistas sem saber que o é, óptimo, seria de enviar tal comprovativo à rádio para que vendo possa melhorar a sua posição. Segundo averiguei, não houve da parte dos superiores nenhuma observação das autoridades eclesiásticas nesse sentido. A ruptura entre a Rádio e a direcção actual da FSSPX deveu-se à discordância das novas directrizes da direcção deMons. Fellay (e quanto a isto sim que foram repreendidos e finalmente anatemizados).

Agora voltemos ao parágrafo anterior para continuar.

Será então que a rádio peca ao se insurgir contra o Santo Padre? Em princípio sim, a não ser que essa contestação seja legítima e gravíssima.

A Rádio acredita que o Papa promove a heresia e o descalabro no catolicismo. Ora, isto é verdade, a Rádio acredita nisto mesmo. Portanto, a Rádio acredita que o Papa legítimo promove a heresia. E que esta situação tao desesperante deve ser comunicada aos católicos para que não se orientem pela Doutrina de sempre e não pelas novidades recentes. Assim acredita a Rádio e isto é que temos de ter em conta. Pois se a rádio acredita nisto ela não peca ao dizer que o Papa comete afrontas gravíssimas contra a Santa Igreja.

Chegamos assim a outra conclusão: A rádio nem sequer peca, pois está convicta que está a defender a Fé e que o Papa está a ir contra a Fé promovendo a heresia entre outras coisas nefastas.

Afinal a sua observação, na minha opinião, e averiguando os factos, leva à descoberta de tudo isto e DEVERÁ levar um católica a uma escolha e a uma acção: se a rádio está enganada e o Papa é fiel à Fé católica devemos mostrar-lhe que afinal o Papa promove a Fé e não o contrário; ou, caso contrário, concluir que o Papa realmente está a promover a heresia (mesmo que não tenha essa intenção) e a rádio está certa.

Portanto, a rádio não é sedevacantista e pode ou não estar certa objectivamente e relativamente ao que denuncia do Papa. Se a rádio não esta objectivamente certa então deve-se mostrar Doutrinalmente que está errada para que se possa corrigir (mas até agora ninguém fez isso, ao que parece). E por fim, se a rádio estiver certa, deve o católico começar a repensar e a confrontar-se melhor com a Doutrina.

Espero ter sido conclusivo.

ascendens disse...

ERRATA: Onde está escrito "E que esta situação tao desesperante deve ser comunicada aos católicos para que não se orientem pela Doutrina de sempre e não pelas novidades recentes.­ " deve ler-se "E que esta situação tao desesperante deve ser comunicada aos católicos para que se orientem pela Doutrina de sempre e não pelas novidades recentes.­ ­"

TEXTOS ANTERIORES