04/09/16

NA SERRA ALTA - A RESPEITO DA CHAMADA "FALSA IGREJA"

do filme "X-Men: Apocalipse" - tentando encontrar os mutantes no mundo, mentalmente. (alegoria)
"Dizem os menos exigentes que essa "falsa Igreja" [das revelações e visões] é muito fácil identificá-la. Não convence! Certamente as posições de moral relativa ou errada, as posições de doutrina relativa ou errada, e outras coisas que tal, não são da verdadeira Igreja de Cristo. É mais prudente dizer que essa "falsa Igreja" não é um posicionamento tão colectivo, quanto individual!"
(na serra alta - J. Antunes)

2 comentários:

Anónimo disse...


A santa Igreja tem tido a sua imagem deformada por causa dos novos "Judas Iscariotes" que por aí andam que, embora tenham conhecimento da Verdade, encontraram mais gosto no desprezar parcialmente a Cristo e se amigarem com o mundo, do que amar a Cristo e por Ele se dedicarem com toda a alma. Estes que assim agem enganam-se a si próprios quando se obstinam no engano, na mentira, no Mal, e em fazer o oposto de tudo aquilo que da mesma verdade aprenderam.... Embora fosse Judas um dos doze apóstolos, negou-se a viver conforme as exigências da vida Cristã. Ele, que foi mais agraciado que outros por ter recebido ensinamentos de uma doutrina eterna, tomou como fruto da sua obstinação ao mal, o fruto de suas próprias escolhas.
Há tantas características da Paixão de Nosso Senhor que se aplicam à Santa Igreja especialmente hoje (mas que teve como estopim a Revolução Luterana)...

M.Maria

ASCENDENS ASCENDENS disse...

M. Maria,

obrigado por comentar.

Houve dois pequenos erros que foram corrigidos no artigo, um pouco depois do seu comentário ser aprovado. Queira desculpar se isso lhe causou alguma confusão.

Vejo que fala indirectamente de algo, mas não fica claro! Os princípios que usa aprecem válidos.

O que lemos no artigo é interessante, e foi escolhido porque há mais de meio ano calha ouvir muito algumas pessoas que usam desta designação de "falsa Igreja" referindo-se aos Bispos diocesanos, aos últimos Papas... enfim, uma posição de "eclesiovacantismo". Contudo, essas mesmas pessoas, em alguns aspectos, são menos cristãs do que aqueles a quem consideram. Este texto vem a calhar, mostra como a "falsa Igreja" que concebem não é muito verosímil, e é uma concepção simplista.

Muito haveria a considerar.

Volte sempre

TEXTOS ANTERIORES