25/07/16

DIA DE SANTIAGO É GLÓRIA DE PORTUGAL

Aparição de Nosso Senhor ao Venerável D. Afonso Henriques (fundador de Portugal) na batalha de Ourique
Hoje, dia 25 de Julho, comemora-se a batalha de Ourique (1139), na qual derrotámos os muçulmanos, recuperando as nossas terras, e onde Nosso Senhor apareceu a D. Afonso Henriques, anunciando a FUNDAÇÃO do Reino de Portugal, e seus desígnios. Isto acontece em dia de Santiago, igualmente ligado à reconquista da Península Ibérica.

Santiago "matamouros"
Pergunto-me com que iguais ou maiores glórias Santiago foi assim honrado em seu próprio dia!

6 comentários:

Telmo Pereira disse...

Realmente é um grande dia para Portugal, e que deve ser sempre relembrado e muito honrado, pois é neste dia que o nosso Reino é fundado, e o dia Nosso Senhor dá a missão de Portugal (propagar a fé pelas nações mais estranhas).

ASCENDENS ASCENDENS disse...

Caro Telmo,

obrigado por comentar.

não diria que é o dia da fundação do Reino... que isso é em 1143... não!? Eu diria que é a "anunciação do Reino", feita pelo próprio Cristo ao Venerável D. Afonso Henriques.

Os espanhóis, que fazem tanto alarde de se conotarem com Santiago, não lhes foi dada maior honra a eles em dia de Santiago. Grande mistério. Digamos que o feito maior do Apóstolo a eles, foi o SONHO onde Nossa Senhora lhe apareceu, tudo por causa de os tentar converter, que não se convertiam. A nós, o que nos toca de mais significativo é a Aparição de Nosso Senhor em dia de Santiago, anunciando a fundação de Portugal, e dando a vitória sobre os 5 reis mouros, em dia de Santiago.

É certo que Santiago apareceu em batalha contra mouros, na Espanha, e isso é um grande feito. Mas não creio que a aparição de Cristo, ao fundador do Reino, anunciando o Reino, dando a vitória sobre os mouros, possa ser de significado menor... Numa Aparece o Santo Apóstolo, na outra aparece o próprio Cristo. Numa se ganha a batalha, na outra se ganham a batalha e se anuncia divinalmente o Reino de Portugal...

Tenho pena dos espanhóis... sempre se gabam de tudo, e nós, se nada fazer, ficamos gabados pela realidade e pelo próprio Céu ... se assim não é, pelo menos parece.

Volte sempre =)

Telmo Pereira disse...

Em Ourique apareceu São Miguel Arcanjo, nosso Anjo Custódio, o que é ainda mais significativo e digno de honra.

Uma dúvida já que se fala de Espanha e Santiago: Pode ser as aparições constantes de Santiago na "Hispânia" e os milagres perante as relíquias prova de que os seus ossos encontram-se na Compostela?

Acho 1139 a data de fundação. Mas nunca tinha reparado.... este dia é o dia da "anunciação".

ASCENDENS ASCENDENS disse...

Caro Telmo,

não sei se é segura essa "parição do Anjo Custódio"... não sei, não lembro. Ela vem descrita nos primeiros textos?

A sua pergunta é vaga! ... Haveria que ver melhor. As aparições e milagres podem provar, ou não provar, pois há que ver o contexto. A aparição de algum santo não depende do local das suas relíquias, nem o local do sepultamento costuma ser o mais visitado com aparições do respectivo. Em tempos ouvi uns bairrismos a respeito de onde deveria ou não ser o santo x ou y... e para corrigir esses ensinamentos, poucos anos depois publiquei o ensinamento que sobre a mesma matéria se fez sempre em Portugal, e por meio de livro autorizado pelas entidades competentes, e Inquisição (livro do séc. XVII). Dizemos que o santo é daqui ou dali conforme 5 situações, e não apenas uma ou duas, como parece que têm feito os espanhóis mais recentemente, e daí a confusão a respeito das relíquias, milagres, e aparições: o critério de evangelização feita pelo santo (ou discípulos), ou de local onde ele tenha feito milagres, ou de algum motivo pelo qual o culto a ele ali se fez forte, são 3 dos 5 critérios que também devemos ter em contra para a pergunta que me faz. O facto de haver milagres e aparições pode apenas reforçar o facto de estas terras terem sido evangelizadas por Santiago ou os seus discípulos, ou ainda de por cá ter havido um acontecimento especial relacionado com o santo Apóstolo (e sim... o sonho onde Santiago viu aparecer-lhe Nossa Senhora sobre uma coluna, e que ficou depois a mesma coluna ali aparecida no local onde a sonhou)... Veja quantos critérios, e tão importantes, que os milagres e aparições reforçam, mas sem querer provar que o sepultamento foi por isso cá na península. Contudo... não conhecendo os casos particulares aos quais se refere, não se pode adiantar muito mais.

Sim... seria como que o dia da "anunciação de Portugal" pela boca do próprio Cristo, e já agora, na companhia do Anjo Custódio, S. Miguel. Foi o Próprio D. Afonso Henriques que reconheceu S. Miguel Arcanjo como o Custódio de Portugal, e foi sob a invocação dele que partiu à reconquista do território... a invocação era feita publicamente sobre as suas tropas.

Mas, como disse, não me parece que, em dia de Santiago, na Península Ibérica, tenha Deus dado maior honra e vitória a nenhum outro monarca, nem feito maior acontecimento. É legítima a devoção que os espanhóis têm a Santiago, mas parece mais uma vaidade; e esquecem da vitória de Portugal, e que Santiago só lhes deu vitória sobre os mouros séculos depois de nós... aliás... os últimos de todos na Europa (como foram os últimos, gabam-se de ter sido os últimos.... incrível!!!!).

Assim é a realidade...

Telmo Pereira disse...

A aparição do Anjo Custódio que referi foi a do Milagre de Ourique, em o Arcanjo aparece com Cristo.

Antes da conquista de Ceuta, os portugueses pensaram em tomar Granada, que até relacionava-se amigavelmente com propósitos económicos com Castela. Aliás, Ainda Espanha não tinha conquistado Granada e nós já tínhamos grande parte de Marrocos. Nós sempre tão pequenos, mas sempre grandes nas ideias e nas realizações...

ASCENDENS ASCENDENS disse...

Caro Telmo ...

que dizer-lhe!?
Uma prova de que é verdade o que diz, é que nunca tivemos a mania de nos comparar com os vizinhos. Se o fazemos muito raramente, é para que não nos esqueçamos!

Volte sempre.

TEXTOS ANTERIORES