24/01/11

"SILABÁRIO DO CRISTIANISMO" - (Capítulo IV) Recapitulação




(Capítulo IV)
"A graça"
Recapitulação



O homem é elevado á ordem sobrenatural mediante a graça. A graça:

- a) é um dom de Deus, visto que o homem não tem direito à sua divinização;
- b) é um dom gratuito, porque, com toda a nossa actividade nunca poderemos merecer superar a nossa natureza humana;
- c) é-nos concedida pelos méritos de Cristo, que é a única fonte da graça, de tal modo, que não se pode separar a Jesus Cristo da graça;
- d) faz-nos filhos de Deus, já que Jesus Cristo, unindo-nos a Ele e fazendo-nos participantes da natureza de Deus, nos eleva à dignidade da adopção divina;
- e) faz-nos capazes de obras meritórias, enquanto que as acções do homem em graça não constituem uma actividade puramente humana, senão uma actividade divinizada;
- f) dá-nos direito à vida eterna divinizada;

Depois de ter contemplado os altos costumes da divinização, às quais o amor de Deus chamou as suas criaturas inteligentes, agora temos que assistir a uma caída desastrosa.


A um lado teremos a criação, a elevação à ordem sobrenatural e a queda dos Anjos; do outro lado, a criação, a elevação e a queda do homem. Duplo cenário, um e outro incompatíveis, se a os contemplamos sobe o aspecto sobrenatural.

(Índice da obra, AQUI)

Sem comentários:

TEXTOS ANTERIORES