17/04/17

COMUNICADO ASCENDENS - "Imitação de Cristo"

Ao longo destes anos, o blog ASCENDENS fez promoção a alguns clássicos da Espiritualidade, sendo um deles a Imitação de Cristo (Tomás de Kempis) - transcrevemos e publicámos esta obra no blog. Chega-nos a informação que, depois de acabada toda a nossa publicação, o Senhor Pe. Basílio Méramo tem publicado sermões nos quais critica esta obra de "voluntarista", e que ninguém antes dele se deu conta dos erros dela. Cabe-nos então fazer um esclarecimento.

1 - O blog ASCENDENS não é órgão oficioso duma pastoral determinada, ou causa, é sim um instrumento secundário. Não raras vezes, no blog é publicado o "rodapé" ou textos de apoio de uma dinâmica privada, para que tal sirva de proveito a todos.
 
2 - A transcrição da obra Imitação de Cristo foi gentilmente executada por um colaborador, a quem o autor do blog ajudou a fugir das garras do modernismo, e liberalismo, para defesa e aceitação total do Catolicismo na sua versão tradicional, tal como ao Pensamento Católico etc..
 
3 - A recomendação dada a respeito da Imitação de Cristo como livro de iniciação levou sempre duas indicações: de ser livro introdutório a ser ajustado pelos conteúdos do Preparação Para a Morte (Sto. Afonso de Ligório), pois o livro era um pouco "sentimentalista" e feito para a vida "solitária" dos conventos. Esta recomendação foi feita também para outros casos (pessoas), não aconteceu apenas com uma, ou por acaso, ou ficou a obra recomendada sozinha.

4 - Foi anunciado no blog ASCENDENS uma boa edição da obra abundante em notas explicativas.
 
5 - A Imitação de Cristo é um livro recomendado por santos, e que fez parte da leitura de santos.
 
Não seria demasiado perguntar ao Senhor Pe. Basílio Méramo, para fins didáticos, exemplo de vida, e ilustração: em que medida a leitura da Imitação de Cristo atrasou o seu percurso de santificação?
 
Fica assim esclarecida a nossa posição, e que antes daquela opinião a respeito de alguns pontos "sentimentalistas" da obra, nunca o responsável deste blog ouvira de outro tal opinião,  e nem por isso deu a obra por inútil ou sem brilho necessário. Para OS DIAS DE HOJE, principalmente, nunca recomendaríamos esta como obra única ou principal.

3 comentários:

Anónimo disse...

https://ar.ivoox.com/es/player_ej_18168856_4_1.html?c1=ff6600 - ouvir a partir dos dezasseis minutos.

ASCENDENS ASCENDENS disse...

uii

Amélia disse...

Tenho este livro em ficheiro *.pdf numa edição do ano de 1777. Na capa está assim: "IMITAÇÃO DE CRISTO, Que o vulgo intitula CONTEMPTUS MUNDI, dividida em IV livros, escripto pelos Venerável Thomás de Kempis. Ediçao novíssima. corrigida com summo escrúpulo, e cuidado. LISBOA. Na Off. de MANOEL COELHO AMADO. Anno de 1777. Com Licença da Real Mesa Censoria."
E na primeira página que segue, ensina-se uma maravilhosa profissão de Fé, Esperança e Caridade numa versão estendida. Sem dúvidas, este livro, se é lido com o verdadeiro pensamento Católico, como vc mesmo disse, é realmente um conveniente meio de santificação...assim como toda a doutrina...não é?
Saudações!!

TEXTOS ANTERIORES