14/09/16

CRUEL DEMOCRACIA

Sucedeu nos finais do séc. XIX na Espanha, quando promulgaram a lei do divórcio. No "parlamento", o líder da esquerda levantando-se agradeceu aos católicos, explicando que sem eles tal lei nunca teria sido aprovada. Indignados a direita protesta dizendo que tal era absurdo, pois havia votado contra aquela lei. O mesmo líder explica-se: "porque vós viestes votar é que a lei pôde ser votada [quorum]; se aqui não tivesses vindo, a lei nunca poderia ser votada, nem nós termos ganho." 

1 comentário:

Eva disse...

Epá, os nossos inimigos são mesmo cruéis...!

TEXTOS ANTERIORES