21/08/16

NA SERRA ALTA - PAIS, SUPERIORES, REINO


"... então um mau filho: ignorar, abandonar, "demitir" do sagrado posto de pais apenas porque estes ficaram enfermados de doença semicontagiosa... coisa aberrante! Aos legítimos superiores o mesmo fez. Escolheu outros "pais", dizendo que um órfão tem tal direito e que S. Tomás não o negaria, mas  "esquecendo-se" que não era realmente órfão. À Pátria, essencialmente monárquica, o mesmo fez."
(na serra alta - J. Antunes)

Sem comentários:

TEXTOS ANTERIORES