12/01/14

TERCEIRA OFENSA DIRECTA DE FRANCISCO A PORTUGAL - Os Cães Mudos

Francisco tinha nomeado para nossa Patriarca de Lisboa, mas sem cumprir com o que está estipulado: nomeá-lo logo Cardeal. Esta ofensa a Portugal, foi abafada por tolos modernistas-conservadores que, sujeitos à heresia da "super infalibilidade" começaram a  assobiaram mentiras como esta:

"O Patriarca de Lisboa é nomeado Cardeal no consitório seguinte à sua nomeação desde que o consistório seja convocado para esse efeito, ou seja, nomear cardeais..." (1/10/2013)

Fechemos os olhos, e vamos adiante.

Passou o tempo. Estamos a 12 de Janeiro, eis que o Francisco anuncia a nomeação de novos Cardeais, para 22 de Fevereiro de 2014... e o Patriarca de Lisboa não consta da lista!

O que dizem a isto os modernistas-conservadores!? Logo que acharam brecha mediante o aperto, emitiram a notícia:

"D.Manuel Clemente não está entre os eleitos, talvez porque o antigo Patriarca de Lisboa, D.José Policarpo, ainda não cumpriu os 80 anos e portanto continua a ser um cardeal eleitor." (fonte, aqui)

(D. José Policarpo, fará 80 anos dia 26 de Fevereiro de 2015)

Ora... não está aqui em causa confusão em que a Hierarquia nos tem metido pelas suas inovações desautorizadas, não está aqui em causa sequer a forma e o motivo de Francisco nem se ter dado ao trabalho de dar humildes e justas explicações aos portugueses! Está agora em causa o comportamento cobarde e infiel desses "cães mudos" que são os modernistas-conservadores: sempre prontos a arranjar desculpas e, em nome do conforto e dos "respeitos humanos", com falsa prudência e toda a manha, serpentearem como serpenteiam. Ora inventam regras, mesmo contra as evidências, ora se medicam com "talvezes"... sobre o facto de Francisco NADA ter explicado a Portugal, nem ao próprio Patriarca de Lisboa: nada dizem, como se isso não fosse contra a moral e contra a justa e legítima dignidade da nossa Católica fundação!

Em tempos foi o liberal D. Pedro I (do Brasil) a exigir à Santa Sé que extinguisse o Patriarcado, e então o Papa com esforço tentou conservar tudo o que do Patriarcado foi possível. Hoje é o próprio Papa junto com os seus "cães mudos" que contribuem para abanar o que resta do resto do Patriarcado. Em outros tempos o liberalismo e a maçonaria subiu ao Trono ... hoje ... já vai mais longe e não aflige quase ninguém!

Onde está a voz do Patriarca!?

6 comentários:

Anónimo disse...

O Papa tem toda a legitimidade para decidir quem é criado cardeal ou não. Não tem que justificar nada, muito menos «aos portugueses». Até porque já temos representatividade cardinalícia numericamente suficiente. E o argumento de que D. José Policarpo ainda é eleitor tem peso, sim. De resto, o Patriarcado de Lisboa, comprado, não tem grande sentido, nem histórico nem eclesiológico. Serve para alguns estrangeiros se rirem de nós...

ASCENDENS ASCENDENS disse...

Anónimo,

Obrigado por comentar.

Antes de mais convido-o(a) a tomar coragem, identificando-se, caso possa ou consiga.

Sim, diz bem, o Papa tem legitimidade para nomear Cardeais. E porque é legítimo!? Porque há uma lei, ou algo que vale como lei. Enquanto um Papa não anular a Bula de Ouro pela qual os Papa se comprometeram a nomear Cardeal ao Patriarca de Lisboa, e nas condições conhecidas, a Bula vale como lei.

Entendeu!? Este Papa foi contra a Bula à qual todos os Papa se obrigaram. Se ele não quer que a Bula valha, tem que a anular, mas não ignorar. O Papa tem faltado sistematicamente não só contra a Doutrina da Igreja como até com estas situações.

Isto é a reposta à sua primeira observação. Agora vamos à segunda: "o argumento de que D. José Policarpo ainda é eleitor tem peso" ... faça o favor de ler novamente o artigo para entender o que está escrito, e eu ajudo:

"Ora... não está aqui em causa confusão em que a Hierarquia nos tem metido pelas suas inovações desautorizadas, não está aqui em causa sequer a forma e o motivo de Francisco nem se ter dado ao trabalho de dar humildes e justas explicações aos portugueses! Está agora em causa o comportamento cobarde e infiel desses "cães mudos" que são os modernistas-conservadores: sempre prontos a arranjar desculpas e, em nome do conforto e dos "respeitos humanos", com falsa prudência e toda a manha, serpentearem como serpenteiam. Ora inventam regras, mesmo contra as evidências, ora se medicam com "talvezes"... sobre o facto de Francisco NADA ter explicado a Portugal, nem ao próprio Patriarca de Lisboa: nada dizem, como se isso não fosse contra a moral e contra a justa e legítima dignidade da nossa Católica fundação!"

Aqui está ... o artigo apenas argumenta em torno do comportamento dos "cães mudos", tanto pelo comportamento que têm tido (vão dando desculpas, saltando etapas, e não corrigindo o que disseram antes), como o silêncio que tem feito a respeito de Francisco não ter passado cartão a Portugal no seu incumprimento da lei para connosco!

Ora... o que mais espanta é o tamanho da ignorância em que a Hierarquia da Santa Igreja afoga os seus filhos... e por isso me diz "De resto, o Patriarcado de Lisboa, comprado, não tem grande sentido, nem histórico nem eclesiológico." Sabe porque se riem os estrangeiros!? Porque os de cá não sabem HOJE explicar o que de NÓS é maior que eles! E sabe porque choro eu e outros!? Porque sabemos o que é o Patriarcado, e vemos os NOSSOS irem contra o Patriarcado para não desagradar aos estrangeiros.... MARICAS, IGNORANTES!!!

O Patriarcado de Lisboa é o mais alto reconhecimento e dádiva de Deus para com Portugal!!! Porque é o único Patriarcado do mundo que foi fundado para lá dos tempos de fundação da Igreja. E como é isto possível!? É que a Igreja teve assento numa grande parte do mundo só por via dos Descobrimentos! Houve então PRIMEIRAS COMUNIDADES nessas partes do mundo quando nós lá chegámos! E mais... incluía a ÍNDIA e o achamento de locais como a Etiópia, ligação de cristãos "perdidos no tempo" que em Roma nem tinham conhecimento.

É horrível... tivemos que lutar contra Napoleão, contra o liberalismo, e agora são já os "católicos" a gritar a mesma porcaria parida por Satanás contra a Igreja, contra as dádivas de Deus, e preferirem dobrar-se ao medo do riso dos estrangeiros ignorantes! Em outro tempo nem nos dobrámos aos canhões da Revolução Francesa, e hoje dobram-se estas meninas de avental à POSSIBILIDADE do escárnio dos que estão longe.

Que vergonha... Que dor... Mais valia a dor das armas!

Valter disse...

Caro anónimo,

Veja o outro post sobre o mesmo assunto:

http://ascendensblog.blogspot.pt/2013/10/papa-francisco-ofende-portugal.html

ASCENDENS ASCENDENS disse...

Valter,

Obrigado pela participação, e ajuda.

Volte sempre.

Eva disse...

É como foi com o Terceiro Segredo de Fátima em 1960: O Cardeal Patriarca de Portugal só soube através dos jornais que o Segredo não ia ser revelado. Ninguém no Vaticano o consultou nem lhe disse nada. Desprezo maior do que este, realmente...

ASCENDENS ASCENDENS disse...

Cara Eva,

obrigado por comentar.

Infelizmente estas coisas de Fátima não agradam muito, principalmente a questão do segredo e da consagração da Rússia. Por isso, não avisam, não informam, não nada ... como se fosse para esquecer!

Volte sempre.

TEXTOS ANTERIORES