24/12/13

ORATÓRIA DE NATAL (BWV 248) - J. S. Bach


Para bem, caros leitores, teria eu que colocar esta oratória dia 25, melhor que hoje (24, vésperas). Não sei se amanhã estarei aqui, ou ali, ou terei tempo para fazer postagens.

Quanto a J. Sebastian Bach ser luterano... devo fazer o seguinte comentário: a influência das doutrinas luteranas na sua comunidade foram lentas, nem sequer foram homogéneas, e mais lentas foram as mudanças estruturais na produção artística que, evidentemente, repetia os grandes modelos produzidos na civilização católica. De certa forma a estruturada e enraizada cultura alemã possibilitou que muitos dos primeiros luteranos continuassem a viver como católicos e até ignorando as mudanças reais, situação que dificulta hoje a apreciação de o quanto cada uma daquelas almas continuava ou não católica. Com o passar do tempo, àquela comunidade foram aparecendo já claros os erros doutrinais que inicialmente colocavam (e colocam) toda a comunidade fora da Santa Igreja. Assim, haveria que perguntar aos pensadores que dizem que J. S. Bach transmite na sua música uma concepção luterana, em que notas, conjunto de notas, melodias, harmonias, orquestrações, identificam tal problema (porque a música faz-se com a organização de sons e silêncios concretos).

Sem qualquer ameaça de consciência, e com algum conhecimento,deixo-vos a oratória de Natal de Bach (BWV248)

2 comentários:

Josephvs disse...

Votos de um Feliz Natal

ASCENDENS ASCENDENS disse...

Josephvs,

Obrigado.

Santo Natal.

TEXTOS ANTERIORES