13/03/13

FRANCISCO...FRANCISCO...

Entre as piadas tontas que se andam já a fazer ao novo Papa, uma delas é curiosa.

"PAPA CHICCO" (Chicco = marca de produto para bebé; Chico = abreviação portuguesa de Francisco; papa = no sentido de alimento).

O pior é que "chico", em espanhol, significa "pequeno", pelo que seria ainda menos apropriado dizer "Papa Chico".

Tendo em conta que não se deve dizer "Francisco I" enquanto não existir um "Francisco II", tal como não há um "Pedro I" nem um" D. José I" (D. José , Rei de Portugal), assim o novo Papa será apenas "Francisco", o que pode originar alguns embaraços. Comparemos:

"Bento XVI tem uma digna cruz peitoral"
"Francisco tem uma digna cruz peitoral"

Quando Bento XVI abdicou, alguém disse "eles querem garantir o 13/03/2013 para eleger outro Papa". Se Francisco se sentir pequeno para o cargo, e "por amor à Igreja" abdicar e passar a Papa Emérito, ainda há tempo de eleger outro novo papa para o 13 de Outubro de 2013 (que é também uma data bonita)...!

Mas, com toda a seriedade, há a possibilidade de esta data não ter sido manipulada. Pode ser este o "Bispo vestido de Branco", pois Francisco apareceu na varanda da Basílica de S. Pedro se chamando a si "Bispo de Roma" (e não "Papa"), suas vestes eram apenas brancas (sem vermelhos). Um dos três pastorinhos chama-se Francisco. No juramento feito antes do "extra omnes" o Cardeal Patriarca de Lisboa, em ordem, estava logo a seguir ao Card. Bergoglio! Enfim... São coincidências, inegavelmente, mas que não podem ser desprezadas.

Não me admiraria que, independentemente do novo Papa ser modernista, comece a haver problemas graves contra a Imagem Falsa da Igreja (aquilo que as pessoas hoje acham ser a Igreja católica) mas que isso comprometa a vida dos baptizados e da hierarquia. Haja depois uma DECISÃO de discernimento feito perante grandes apertos impostos, e se dê uma consequente divisão seguida de forte perseguição aberta. Etc...

Enfim... Rezemos pelo Papa, porque é Papa e porque rezar é sempre de grande proveito, principalmente agora que a desgraça parece ser maior e estar mais perto!

11 comentários:

Anónimo disse...

Caro Soldado de Cristo,

asseguro-lhe que este Francisco não é papa e sim a abominação da desolação tal como profetizada pelo profeta Daniel.
É pena que alguns tenham de testemunhar a cessação do Sacrifício Perpétuo, à permissão do aborto e da união dos sodomitas e das ..., à anulação dos Sacramentos, para acreditar o que está a acontecer. Outros, porém, o seguirão.
Rezemos para que a Justiça de Deus seja rápida e os tempos, tal como prometido, sejam abreviados.
Rui
PAX

ASCENDENS ASCENDENS disse...

Caro Rui,

Obrigado por comentar.

Dizer que Francisco não é Papa é fácil. Rui, pode provar o que afirma!?

Volte sempre.

Anónimo disse...

Sim! Pela graça do Altíssimo posso.
A prova está na minha afirmação: «cessação do Sacrifício Perpétuo, à permissão do aborto e da união dos sodomitas e das ..., à anulação dos Sacramentos». Esta é a minha prova. Aguarde e verá. vocem ad Rex Aeterne. Fiat!

Rui
PAX

Anónimo disse...

Caríssimo,
devo contudo dizer-lhe ainda, que existe Papa, sim! O trono foi-lhe retirado, por este impostor, mas o seu Poder se mantém sobre S.S. Papa Bento XVI.
Se quiser mais detalhes, sabe o que tem de fazer: se a oração é uma elevação da alma a Deus, ela não é um monólogo. Escute o que o Senhor lhe tem para dizer nestes tempos: ajoelhe-se, reze o terço, jejum, penitência ("abuse" das comunhões espirituais) e terá as respostas que procura para este tempo de grande confusão.
O que iremos testemunhar até a um infiel irá arrepiar! Tal será o efeito da abominação.
Ave Crux Spes Unica
Rui
PAX

ASCENDENS ASCENDENS disse...

Rui,

Obrigado por comentar.

Propôs-se a fazer prova. Não provou, nem sequer demonstrou. Absolutamente nada.

Pode ser que eu não tenha entendido a lógica da sua suposta prova. Sempre pode explicar!

Volte sempre.

ASCENDENS ASCENDENS disse...

Rui,

Obrigado por comentar. Respondo agora ao seu último comentário.

Olhe... agradeço-lhe as recomendações, pois claro.

Quando lhe sugiro que se explique não é porque eu não entenda determinada coisa real mas porque o público, ou eu também, achará as suas afirmações despidas de explicação. E, por isso, nem pode o Rui ser proveitoso com elas, nem elas podem ser facilmente dadas a correcção por quem queira fazê-lo.

Volte sempre.

Anónimo disse...

Caríssimo,
compreendo a dificuldade. Por isso escrevi: «Esta é a minha prova. Aguarde e verá». Isto é, verá depois de ter aguardado. Ou seja, de ter esperado "um tempo".
Para melhor compreensão exemplifico: um pintor quando pensa no que vai projectar na tela, já realizou/completou trabalho. Pode pois dizer o que vai acontecer na tela. Contudo, para quem o escuta, quando expõe o que pensou, não tem apresenta a evidência do trabalho que ele realizou uma vez que ainda está na sua mente. A prova do seu trabalho é verificada apenas quando desenha sobre a tela. Assim também acontecerá com a minha afirmação. A prova está já apresentada, antes de se tornar evidente por quem "a não recebeu" (na alma). Ora, eu a recebi. Se recebi sem pagar, também a ofereço sem ter de cobrar. Por isso, em aditamento recomendei «reze (...) e terá as respostas que procura para este tempo».
Esta é a 1ª parte da explicação. Segue agora o seguinte: as "coisas do espírito", poucas vezes se conseguem colocar por palavras. Pelo que lhe peço desculpa de não me conseguir expressar melhor.
Por último, agradeço a publicação deste diálogo. O proveito que quem lê pode retirar é este: está na minha consciência apresentar o lobo vestido de cordeiro, o falso profeta. Não se trata de apontar "a espada da pura doutrina" e concluir que um papa afirmou algo que é passível de heresia (à falta de concluir sobre a pertinácia sobre o seu "vómito") mas sim, declaradamente, afirmar que este é um IMPOSTOR. E isto é considerado um acto de caridade (S. Francisco de Sales). É este o proveito que pretendo que se tire da minha afirmação. Mesmo para os fiéis que bebem a "pura doutrina", e refiro-me aos poucos que têm na memória os seus princípios (Catecismo Trento e S. Pio X) e alguns flashes do Magistério, penso que lhes será útil a "introdução ao tema escatológico: sobre o fim dos fins". Muitos possivelmente terão ouvido falar, alguns poucos estarão atentos à forma como se desenrolará "a perda de Fé em Roma" e os 1260 dias.
Por último, penso que nesta hora já deve ter lido o email que lhe enviei. O elogio do maçon ao impostor não pode deixar de ser um indício do que virá. Relembro que se um Pontífice consagrou o ecumenismo maçónico, outro Pontífice paganizou o culto a Deus, um terceiro “pontífice” abolirá o Sacrifício Perpétuo. Em verdade, isto também exprime uma preocupação minha: o que fazer nestas terras de Santa Maria, para evitar tão grande mal, já acrescido pela ameaça/proibição pelo episcopado aos sacerdotes que desejam oferecer o Sacrifíco segundo o Missal de 62.
Obrigado
Rui
PAX

ASCENDENS ASCENDENS disse...

Rui,

Aquino blogue eu permito comentários onde alguém afirme que o Papa é um impostor, desde que a pessoa se esclareça e eu veja que há o mínimo de cabimento. Mas o cabimento que não lhe vemos diz o Rui ser futuro!!!

Pois...

Desta vez passa. Mas não volte com futurulogias para sustenta acusações graves, porque só aumenta a confusão à qual, pelos vistos, soma mais confusão (e isso é marca do demónio).

Veja lá isso...

ASCENDENS ASCENDENS disse...

Irei ler o mail hoje mesmo. Obrigado.

Anónimo disse...

Estas bromas son de mal gusto. Estas personas no han aprendido a respetar a los mayores y en especial las autoridades de la Iglesia? Si los católicos no respetan lo que puede esperar de los demás? Lamentable!

ASCENDENS ASCENDENS disse...

Anónimo,

Gracias por comentar.

Cuales son las afirmaciones del articulo que le parecen de malo gusto?

Aguardo.

TEXTOS ANTERIORES