16/04/08

MEMÓRIAS DE COMENTÁRIOS XV

3 comentários:

Agnus disse...

Na agência ecclesia diz que os jovens esperam pelo Papa como uma estrela de rock. Mas a notícia diz que o Papa tem "aversão ao género".

Mas mesmo assim houve um 'génio' q decidiu que se deve «garantir que a mensagem da Igreja alcance todas as gerações. Uma maneira de conseguirmos isso é comunicar com os jovens de uma forma que a mensagem chegue até eles»

magdalia disse...

Esses jovens pseudo-católicos da modernidade são a vergonha da verdadeira juventude católica. É que é mesmo um horror! Cada vez que falo com alguém mais velho sobre fé, igreja, missa e jovens, dizem-me sempre a mesma coisa: é preciso trazê-los para a Igreja. e se não for assim... não querem vir!
É verdadeiramente brilhante. A sério, fico sempre estarrecida.

Dá-me logo daqueles ímpetos que vocês já vão conhecendo e digo: eu sou jovem e detesto essas liturgias horríveis, vazias, anti-católicas em que o carácter sacrificial da missa é suprimido. e, se de facto as coisas são como os tais senhores mais velhos dizem e esses jovens não voltariam à igreja, é porque não têm fé verdadeira. e se não têm, não precisam de ir à igreja receber a Cristo em pecado mortal.

O auge de tudo é quando digo que detesto missas/festa com guitarras e baterias. Mesmo quando ainda ia à missa Paulina, fugia dessas missas alegrinhas como o diabo foge da Cruz.

Os velhotes ficam indignados e sem perceber nada. Mas porque será que ela não gosta das missinhas dos jovens? São tão bonitas...

Loooooool.

ascendens disse...

Completamente de acordo...
E a verdadeira felicidade, aquela que é completa e eterna é o céu. Hoje já não se fala em santidade mas em humanismo e filantropia. Enfim...
Que Bento XVI seja cumulado de forças.

TEXTOS ANTERIORES